Páginas

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Polo Mãe Luiza participa do Festival AGINAT

As alunas do Polo Mãe Luiza de Ginástica Rítmica participaram do festival anual da Associação de Ginástica de Natal (AGINAT) na última terça-feira, 8, no CAIC Lagoa Nova. No evento, nossas ginastas se apresentaram para os demais, participaram de palestras informativas com nutricionistas e ganharam medalhas simbólicas por seu desempenho nas aulas.


 Meninas do polo Mãe Luiza

Três das alunas do Polo Mãe Luiza, que desenvolvem suas atividades no Ginásio Poliesportivo Arena do Morro, irão participar das seletivas para entrar no grupo de alto rendimento em 2016. Se passarem serão cinco garotas de baixa renda treinando nesse grupo. Os testes  acontecerão agora no mês de dezembro e também em janeiro do ano que vem.
Ficamos na torcida por elas.





quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

3ª Edição do projeto Mulher Viver com Dignidade acontece em Mãe Luiza


Nessa sexta-feira, 11, acontece em Mãe Luiza a 3ª edição do projeto "Mulher Viver com Dignidade", que levará diversos serviços de assistência à comunidade, das 8h às 16 horas, no Conselho Comunitário, Centro Social Padre João Perestrello e Centro Sócio-pastoral Nossa Senhora da Conceição e suas imediações. 
Confira a lista de serviços:
  1. Exames de ginecologia;
  2. Circuito saúde: clínica, pressão e glicose;
  3. Exames urológicos para homens a partir dos 50 anos de idade e palestras;
  4. Vacinas;
  5. Oftalmologia;
  6. Odontologia;
  7. Emissão de Identidades - ITEP - cerca de 100 fichas;
  8. Jurídico;
  9. Psicologia;
  10. Dinâmicas de grupo;
  11. Oficinas;
  12. Ciclos de palestras para a saúde da família;
Durante o evento, também haverá abordagens acerca da violência contra a mulher e seus direitos por meio de um questionário a ser aplicado, para o mapeamento da situação da violência contra a mulher na região.
A ação é realizada pela Defensoria Pública do Estado  do Rio Grande do Norte, por intermédio do Núcleo Especializado de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar, em parceria com o Centro Sócio-pastoral Nossa Senhora da Conceição, Conselho Comunitário de Mãe Luiza e Centro Social Padre João Perestrello.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Escadaria pronta, e agora?

Nesta segunda-feira, 07, às 17h, a prefeitura inaugura, após um ano e meio de desastre,  a rampa-escadaria de acesso à rua Guanabara, um posto policial localizado na Av. Sílvio Pedroza, uma praça de convivência, os serviços de macro e microdrenagem de outras vias da nossa comunidade e libera a rua Guanabara para o fluxo de carros. 
Foram cerca de R$ 5,6 milhões de reais repassados pelo Ministério da Integração Nacional para as ações de reconstrução, desse montante R$ 400 mil serão devolvidos com economias realizadas durante o processo. 

Claro que esse é um momento significativo no processo de reconstrução pós desastre, a encosta foi estabilizada e a comunidade terá acesso a praia através de um equipamento bonito e seguro que preza pela acessibilidade. No entanto, como existem outras esferas do problema que envolvem principalmente o direito a moradia, nos cabe perguntar "Escadaria pronta, e agora?".


O questionamento encontra eco uma vez que parte das famílias que tiveram danos em suas casas, continuam sem moradia, ou com suas residências em estado precário, necessitando ainda de reparos. Informações repassadas pela Secretaria Municipal de Habitação (Seharpe) e Plantacon esclarecem que o início dos reparos das últimas 36 residências, que permanecem em condições de moradia, também, começam hoje. 
Porém, o que mais nos preocupa agora são as cerca de 23 famílias que tiveram suas moradias totalmente destruídas e terão de aguardar o longo processo burocrático da construção dos novos apartamentos, previstos para serem erguidos na rua João XXIII próximo a 4ª DP .O que não tem prazo definido, mesmo depois destes um ano e meio.

Terreno onde se pretende relocar as 23 famílias

A comunidade precisa estar atenta, não podemos deixar que o brilho da inauguração de hoje ofusque os demais problemas ainda a serem resolvidos e os joguem para o esquecimento, para debaixo do tapete. A festa só será completa quando toda a situação envolvendo o desastre, de proporções internacionais, seja resolvida. A comunidade segue, festeja hoje, mas continua na luta!

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

AVISO

Estamos comunicando a comunidade e demais pessoas que estão recebendo o Jornal Fala Mãe Luiza impresso, número 197 (outubro/novembro) que, por problemas de impressão as matérias desta edição estão sem o parágrafo final. Pedimos desculpas pelo transtorno! Na próxima edição de dezembro, faremos uma errata com os parágrafos subtraídos.
Desde já agradecemos a compreensão!

P.S.: Lembrando que a edição em PDF, disponibilizada aqui no blog está completa e pode ser baixada ou lida sem problemas, com os textos na íntegra.

Equipe do Fala.

Fala Mãe Luiza Impresso - Edição de Outubro/Novembro

A edição de Outubro/Novembro de 2015 já está circulando nos mercadinhos, escolas, igreja, unidade de saúde, no próprio Centro e em outros pontos da comunidade; e mantém a filosofia de trazer luz sobre os assuntos que são de interesse do bairro.  
Quem não é da comunidade, mas tem interesse em ler o boletim, pode acessá-lo em PDF aqui no blog na aba Edições do Fala Mãe Luiza em PDF.    
Se você acha interessante algo e gostaria de ver estampado nas páginas do jornal, pode entrar em contato conosco através dos diversos canais de comunicação: BlogFacebook, ou no e-mail: falamaeluiza@gmail.com
 
 

domingo, 29 de novembro de 2015

32ª Festa da Padroeira de Mãe Luiza

Começou hoje, 29, a 32ª Festa da Padroeira de Mãe Luiza Nossa Senhora da Conceição. Nesse ano a igreja reflete acerca da Misericórdia "Deus é misericórdia: Jesus é o rosto misericordioso do Pai". Serão nove dias de festa, com uma programação interna e algumas apresentações culturais na parte externa da capela, além da tradicional quermesse. Confira a programação:


(Click para ampliar)

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Ecos da 7ª Mostra Cultural Casa Crescer e Espaço Livre

Mais uma vez, as instituições de ensino do Centro Sócio-pastoral Nossa Senhora da Conceição, Casa Crescer e escola Espaço Livre, reuniram-se para realizar a sua mostra cultural anual, que em 2015 chega a sua 7ª edição com a temática "Cuidando da água para um mundo cidadão".
No evento, os alunos puderam mostrar a comunidade tudo aquilo que foi trabalhado em sala de aula ao longo dos diversos projetos, que abordaram diferentes temáticas dentro do grande guarda-chuva que foi o tema central "Água".

 Apresentando os trabalhos em maquetes e cartazes

De acordo com a organização da mostra, a água é um bem precioso que já está se tornando escasso em diversas partes do mundo. Portanto, é preciso debater esta questão com nossas crianças e jovens, no intuito de pensar formas de economia e intervenção no nosso modo de utilizar esse recurso essencial a vida humana, buscando sobretudo preserva-lo.
A parte cultural da Mostra contou com recital de poesias, paródias musicais, apresentações de danças e contação de histórias.




Momentos culturais